Policia Conclui Que foi Um Cigarro O motivo da Morte de Yuri…

A Polícia Civil indiciou pelo ato infracional de homicídio qualificado por motivo fútil o menino de 14 anos que esfaqueou até a morte Yuri Cheron Prazer, 15 anos, dia 18 de outubro deste ano em São Francisco de Assis. Ele está internado no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Santa Maria.
O delegado Marcos Viana, responsável pela investigação, explica que o “motivo fútil” foi uma discussão por causa de um cigarro.
O relato de testemunhas está alinhado ao que pode ser visto por meio de imagens de segurança de estabelecimentos próximos que flagraram o crime.
Era 22h15min daquele dia quando, na Rua Treze de Janeiro, Centro do município, a vítima e o suspeito tiveram uma discussão. Eles brigaram e a vítima decidiu dar as costas ao suspeito. Foi nesse momento que ele foi esfaqueado. Foram pelo menos 10 golpes.
O menino foi apreendido mais tarde e levado à delegacia de polícia onde, na presença do Ministério Público, foi colocado para prestar depoimento. No entanto, ele preferiu ficar em silêncio. Diante da situação, o delegado Viana pediu à Justiça a internação dele no Case, pedido que foi concedido.
O inquérito foi remetido ao Ministério Público, que vai analisar o documento que descreve o trabalho da Polícia Civil e a conclusão na qual chegou. Caso concorde com os apontamentos feitos, ofertará denúncia à Justiça, que vai se encarregar do julgamento. Caso não concorde, as conclusões podem sofrer alterações ou o Ministério Público pode pedir mais informações que deverão constar no inquérito. A partir daí, o Ministério Público deverá ofertar denúncia à Justiça, que vai se encarregar, então, do julgamento.
* Diário de Santa Maria

Compartilhe esta notícia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*